quarta-feira, novembro 08, 2006

Descontrução...


As mulheres jogam invariavelmente à defesa para forçarem o prolongamento.
No prolongamento há morte súbita.

Encontrei esta «pérola» num blog... obviamente escrito por um apreciador de futebol...

Será que é assim?

Hum...

2 comentários:

Maria disse...

ui ui

depois de tanto disparate e de tanta ficção que passou por este blog voltamos aos grandes temas. ou direi, aos clichés do costume?

isso que encontraste nesse blog é cliché...

não são as mulheres que fazem isto e os homens aquilo...

o que existe é um tipo de pessoas que não percebe que o jogo em causa não é para uma das partes perder e outra ganhar!

e existe aquele tipo de pessoa (homem e mulher) que não é capaz de perceber que no fim do tempo regulamentar (os 90 minutos da partida de futebol) o jogo já acabou e os artistas não têm mais fintas nem xutos de estrela para dar. e sim, forçam o prolongamento, como aquele portugal-frança que nos fez sofrer a todos. roendo as unhas agarrados às bandeiras... naquele misto de não querer olhar mas não querer perder pitada. pois é, mas já todos adivinhavamos como as coisas iam correr, não?

pois é .. forçamos a continuação do jogo, e muitas vezes as equipas já morreram em campo.
mas nós insistimos.
e depois ficamos muito espantados com a morte súbita.
até dizemos que não estavamos a contar!

e quando a morte súbita é um auto-golo?

Madalena disse...

estes jogos de palavras, neste momento, são muita areia para a minha camioneta.

Desculpem lá.

Mas concordo com a ju, a questão não está nos homens e nas mulheres, mas nas pessoas em geral.