terça-feira, janeiro 30, 2007

Ofereci-te um Caracol

"Ofereci-te um caracol no teu dia de anos.
Quando içaste a bandeira obsequiei-te outro cor de pérola.
Uma tarde quando me dei conta de que estavas triste, mandei-te pela minha irmã um caracol das ilhas.
Há uns dias, deixe-te um par de caracóis de rio, dentro da tua carteira.
Ontem estive em tua casa e levei-te um caracol transparente, tão belo e estranho que parecia feito de ar endurecido.
Mesmo assim, a tua mãe enfureceu-se comigo e gritou que jamais queria voltar a ver-nos - nem a mim nem aos meus caracóis que te ofereço constantemente.
Ela não compreende que eu simplesmente estava a fazer uma escada de caracol para chegar a ti."

Jairo Aníbal Niño - "A Alegria de Gostar"
(in Evasões e/ou www.boca.pt)

3 comentários:

Carminho disse...

Oh...

muito fofinho...:)

Ivana disse...

Caracolinho...

Maria disse...

k lindoooooooooooooooooooooooooooooooo