sexta-feira, julho 14, 2006

Teias


Há noites envolvidas em abraços
Polvilhadas com o pólen de um amor-perfeito
E há perfis que se desenham em toques e traços
De imperfeição, curvilíneos, nunca a direito!

E há mãos que se moldam às nossas cinturas
Como arco-íris enrolados, irreflectidos.
E dos olhos se projectam as cores mais puras
Que nos trespassam e inebriam os sentidos

Há noites que nos engolem e nos tomam
Por agora, toldam o encanto
Mas há horas que nos despertam e acordam
E nos desembrulham deste manto

Por agora o desaconchego
Por agora despertamos, é certo
Sussurramos sem receio, sequer medo
Sussurramos que, mais adiante, estaremos perto

Há noites que são teias de prazer
Tricotadas por aranhas de fantasia
São essas noites que nos fazem correr
Que nos apressam para o pôr de sol de cada dia.

Ofereço um dos meus poemas . O meu poema preferido, aquele que, modéstias à parte, me saiu melhor... Porque hoje é um dia especial e porque quero polvilhá-lo com o polen de um amor (mais que) perfeito. Ofertas de poemas são ofertas de amor, de carinho, de amizade..

A Ti, ofereço-te o meu Amor
Aos restantes, o meu carinho e amizade...

2 comentários:

Bilha disse...

És linda meu amor!! És o máximo!

Permite-me que deixe também aqui o que te ofereci:

Tu!!

E aqui estou eu,
instalado nesta cadeira importada, dizem eles …
á minha frente … o portátil!
Os dedos bailam pelo teclado,
como se de uma corrida contra o tempo se tratasse! Mas,
O pensamento está longe …
Olho pela grande janela que me mantém em contacto com a realidade!
A vista é privilegiada,
O horizonte é o limite…
Lá fora o sol brilha,
O dia está solarengo,
A vontade de trabalhar, nenhuma!
A tua imagem,
O teu cheiro,
Os teus lábios
Estão presentes em cada raio de sol que atravessa a janela!

Estou como que em transe …
Nos meus auscultadores,
O Chris Martin sussurra:

“Look at the stars,
Look how they shine for you,
And everything you do,
Yeah, they were all yellow.

I came along,
I wrote a song for you,
And all the things you do,
And it was called Yellow.

So then I took my turn,
Oh what a thing to've done,
And it was all Yellow.

Your skin
Oh yeah, your skin and bones,
Turn into something beautiful,
Do you know?
You know I love you so,
You know I love you so.

I swam across,
I jumped across for you,
Oh what a thing to do.
'Cos you were all yellow,

I drew a line,
I drew a line for you,
Oh what a thing to do,
And it was all yellow.

Your skin
Oh yeah, your skin and bones,
Turn into something beautiful,
Do you know?
You know I love you so,
You know I love you so.”


E tu?
Deves estar cansada, de certeza,
São voltas e voltas que dás na minha cabeça …

Acordo e imagino…
A tua perna envolta nas minhas,
O teu respirar no meu peito,

Mas porquê que não estás
Ali ao meu lado?

Durante o dia,
As horas parecem não passar …
Quero que seja noite outra vez,
Para te ter ao meu lado,
Sentir o doce dos teus lábios,
O calor dos teus carinhos,
O teu cheiro
E para sempre me perder
Em ti, meu Amor!




Do teu Bilha,

14 Julho 2006

Carminho disse...

'You know I love you so, too :)

Deixas-me corada...e imensamente FELIZ., meu anjo!

Beijo para o meu Amor