sexta-feira, julho 07, 2006

Barba Rija à Tuga!

Mais uma Sexta-feira e mais uma semana de sensações ao rubro!! Com altos e com baixos, é certo, mas sempre com alma lusa cheia de orgulho!

Hoje, pela matina, na leitura habitual do jornal virtual , reparo que estão já fechados os votos para a eleição do melhor jogador jovem deste Mundial.
Estavam a ‘votos’ todos os rapazes sadios e com dentição completa, nascidos no ano da graça de 1985, no mínimo...

No entanto, no decurso desta manhã caiem-me, qual cachos de uva madura, na caixa electrónica, mensagens de incentivo para votar no caro (ou melhor, extraordinariamente caro, a avaliar pelo preço de transferência para o Manchester United) jovem madeirense Cristiano Ronaldo, ou como eu lhe prefiro chamar: Cristie Ronnie.

Em vez de ficar embuída de espírito votante, fiquei desolada...A esta hora os votos caíriam em saco roto, talvez no ‘black hole’ da internet...
E, em vez de Cristie Ronnie, um outro jogador pôde regozijar-se com o Prémio Melhor Jogador Jovem do Mundial: o Prémio Gillette!

Hã, mas esperem...Prémio Gillette!??
...Pois claro, aí está! Agora percebi! Afinal, o que estavam a eleger era o jogador jovem melhor barbeado deste mundial!! Ah, uff!
Mas, mas...mesmo assim, Cristie Ronnie não deveria ganhar? Ele, que anda sempre todo barbeado...? Hum...
Mas vendo bem as coisas, nós também não apreciamos homens sem pêlos no peito, na cara ... pois não? Onde já se viu? O belo lusitano quer-se ao natural! De barba rija!
E nós sabemos, sem votos que, para nós, os melhores foram e são os nossos jogadores, sem dúvida!!

E as lâminas, as máquinas de barbear ... os outros que as levem!

Com os nossos, o negócio é mais jogar bem a bola!! Não concordam?!

Over and out!

3 comentários:

Ivana disse...

Fiquei realmente tocada com este post. De facto, uma das mais valias do verdadeiro lusitano reside precisamente nessa característica tão masculina - a pilosidade.

Ora, seguindo esta lógica, dei por mim a recordar com saudade aqueles bons velhos tempos em que o belo do bigode estava na moda... isso é que era!
Tenho ainda, digo-o com orgulho, um belo especimen que se passeia lá por casa, ostentando um farfalhudo e cuidado bigode! E que lindo que é!

Recordo sim, a ponto de ficar com as lágrimas nos olhos de tanta emoção, o tempo em que Goucha tinha bigode, o tempo em que para se ser GNR o bigode era um dos requisitos, e o tempo , sim, esses anos dourados, em que nos entravam pela casa dentro personagens fabulososas da TV tais como Hercule Poirot, Charles Chaplin e, o meu preferido... Charles Bronson.

Em jeito de RPT Memória, deixo aqui esta recordação. Por que sou uma menina que não para nova...

Carminho disse...

Sim, eu também tenho lá em casa um verdadeiro senhor moustache!! E gosto bem!

Acrescento à lista de memoráveis o grande Freddy Mercury e, como não poderia deixar de ser, o fofo-balofo do Garfield...

Maria disse...

Aqui a Maria tem a dizer que homem que se preze tem de ter uns quantos pelinhos!!
Não me interpretem mal, nada de exageros....
Mas agora sorrio ao recordar a sensação provocada pelo toque de uma barba de 2 dias que me toca o rosto!!!
Muy bom....
PS - Quanto ao prémio perdido... isso são balelas!!! Os nossos tugas são bem jeitosinhos!!!