quinta-feira, março 03, 2011

No Salon!

Ontem, final do dia, no cabeleireiro, esse local fenomenal onde aproveito, enquanto espero que a tinta do cabelinho seque, para colocar em dia a pesquisa sobre o drama humano do socialite (o que é o mesmo que dizer, papar Caras, Lux e outras do género)...

Uma das cabeleireiras, de cabelo ripado e colorido abana-se e cantarola alegremente: Pópó-pópó-póquerefeice-Pópó-pópópóquerefeice!, ... Eis que uma das colegas de profissao, igualmente de cabelo ripado mas com o extra da banhoca abdominal ao léu diz:

- Olha, lá, tou farta de oubire este Cêdê! Já se mudava esta cena!

Ao que a outra responde:

- Olha, por mim muda! Bota lá um fado!

- Fado? 'Tá benhe. Queres Máriza?

- Máriza? Pode sere!

Enquanto passa a vista de olhos no CD ainda sugere:

- Ólha! Queres que bóte Máriza ou Amélia Hoije?

E eu? Depois de arregalhar a pestaninha, prego olho na revista onde se disserta sobre a vida privada da Casa Real Espanhola (pertinente, hein!?) e esforço para conter uma valente gargalhada!

Ah, já me esquecia! Ganhou a Máriza, mas foi sol de pouca dura porque duas músicas depois já estavam a abanar o secador ao som de Black Eyed Peas!

1 comentário:

*Isis* disse...

E acontece de tudo por lá.
rsrs.

Beijo amiga.
Isis