sexta-feira, setembro 04, 2009

Desafio ......



Agora que regresso à rotina do meu dia-a-dia, tenho um desafio a propor-vos. Que tal listar alguns livros que tenham lido e que achem que são imperdíveis? Ou outros que tenham lido e tenham achada que são particularmente interessantes e que valem a pena, apesar de não serem obras primas. Ando ansiosa de ler coisas novas e preciso de sugestões!!! Os géneros ou os temas são todos e qualquer uns. Aguardo. Bom fim-de-semana.

2 comentários:

Li disse...

Anatomy of Greed: The Unshredded Truth from an Enron Insider
by Brian Cruver

Este livro fala acerca da queda da Enron e isso não o torna particularmente excepcional.
O que o torna fabuloso para o tema da ética profissional nos negócios é o seu olhar pela parte de dentro, ou seja, trata-se de um relato na primeira pessoa de um funcionário da Enron do antes & depois: antes, na altura em que acreditava no Mito Enron e, depois, no desmoronar tão fácil como se de um baralho de cartas se tratasse daquilo que parecia um pilar indestrutível do ponto de vista económico, moral e de cultura empresarial.

Cruver, o homem que relata a história, foi admitido na Enron meses antes do escândalo que mais tarde estalou e acabou com a empresa. Acompanhando o seu dia-a-dia, vamo-nos apercebendo não só da progressiva queda da empresa, como do extinguir da crença de Cruver nas organizações perfeitas.

O que torna esta leitura super cativante é a escrita trágico-cómica de Cruver que vai relatando a ‘lata’ que os gestores da Enron tiveram até ao derradeiro final para mentir um esquema que, após ter sido descoberto, estava tão à vista que não havia como negar as evidências. Mostra-nos como a ganância é uma praga empresarial, que a vai matando em silêncio.

Fez-me pensar nos telhados de vidro de muitas empresas que por aí se proclamam de defensoras da verdade e dos bons costumes e intocáveis a nível de Ética.
Preparou-me para ‘escandâlos’’ Maddoff, e outros que tal. Reforçou a ideia que o rótulo de uma empresa como ‘’Best place to Work’’ ou ‘’Best Practices’’e por aí fora vale o que vale … e que só acredita na Carochinha quem quiser.

Como diz o livro a certa altura:
‘’There's hundreds of Enrons out there, a thousand, cooking the books, inflating the earnings, hiding the debt, buying off the watchdogs. ‘’

Gostei, olha!

Ivana disse...

Para um olhar perspicaz sobre a fotografia, a arte e o próprio "ver"(não apenas "olhar"), recomendo "O Pintor de Batalhas" de Artur Perez-Reverte.

Para um olhar divertido sobre a história portuguesa e a mudança temporária da Corte de D. João para o Brasil durante as invasões francesas, recomendo "O Império à Deriva" de Patrick Wilcken. Um autríaco que gostou da história de Portugal.

Para um olhar divertido e verdadeiro de Luanda antes da proclamação da independência, recomendo José Eduardo Agualusa com o livro "Conjura".

Milan Kundera, sempre. E para sempre.

Para uma leitura divertida se tiverem um cão, ou pelo menos gostassem imenso de ter um, recomendo "Marley e Eu".

Para quem tem, teve ou pode vir a ter um cão, recomendo "Cão como nós" de Manuel Alegre. Mas cuidado... depois de lerem este livro vão querer ter um cão, um cão como nós...

Para já é tudo. Até ver!