sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Porque aqui a donzela em cabelo em breve ficará sentadinha à espera do regresso do seu amado, aqui deixo em homenagem a todos os cavaleiros andantes e viajantes e elegantes, uma ''cantiga de amigo''... em solidariedade com todas as donzelas que, como eu, estão prestes a descabelarem-se com as saudades!!!

Naquele tempo, os trovadores é que a sabiam toda, não era? Aqui vai então uma dose de ''cóltura'' medievale!

Ai flores, ai flores do verde pinho
se sabedes novas do meu amigo,
ai deus, e u é?

Ai flores, ai flores do verde ramo,
se sabedes novas do meu amado,
ai deus, e u é?

Se sabedes novas do meu amigo,
aquele que mentiu do que pôs comigo,
ai deus, e u é?

Se sabedes novas do meu amado,
aquele que mentiu do que me há jurado
ai deus, e u é?

(...)

D. Dinis

2 comentários:

Maria disse...

l'amour!!!!

Maria disse...

está quase! estás a ver como passa rápido!?