quinta-feira, março 08, 2007

Mulher


Como hoje é o Dia Internacional da Mulher, recordei uma frase, aliás questão, pertinente que me fizeram aquando do curso de Igualdade de Oportunidades.

"Gosta de ser mulher porque?"

Ora bem, na altura gaguejei e disse as frases comuns que toda a gente recorda no momento.

"Porque posso gerar um ser, ou seja, no meu caso ser mãe." Não é que este ponto não seja importante, porque o é de facto. E deve, realmente, ser maravilhoso termos a possibilidade de gerar um ser.

Mas passados uns tempos percebi que gostava de ser mulher por muitos outros motivos e se fosse hoje a minha resposta seria bem diferente.

Gosto de o ser porque posso chorar a ver um filme romântico, e ninguém vai achar que sou sensível demais. Assim como posso ter medo de assitir a um filme de terror e colocar as mãozinhas em frente da cara, e ninguem vai achar estranho.

Gosto porque posso ir as compras e comprar imensa roupa e chegar a casa e achar que não era nada daquilo que queria comprar, e a excepção da conta bancária que se vai ressentir, também não é o fim do mundo.

E... Hoje lembrei-me de mais um facto que me faz gostar de ser mulher: receber flores. Adoro. São lindas e fazem-me sentir importante do momento de as receber. E todas as ocasiões são boas para as receber.

E poderia continuar aqui a inumerar tantas outras coisas.

Fica aqui o mote para pensarmos o que tem de tão especial ser Mulher.

2 comentários:

Carminho disse...

Uma flor para uma flor :)

Gosto de ser mulher, simplesmente porque nunca fui homem...

Gosto de ser mulher porque dá luta!
Dá luta impor-nos no trabalho, dá luta conseguir conciliar na perfeição mil e um papeis e mim e uma tarefas!!

Gosto de ser mulher porque não tenho que me barbear todas as manhãs!

Gosto de ter nascido mulher porque assim tenho o poder de espiçar o meu pai e desafiá-lo a perceber que não só os meus irmãos percebem das coisas!!

Gosto de ser mulher para poder amar o meu homem sem censura!!!

Gosto muito acima de tudo de cá andar. De ser saudável e de, apesar dos pesares, poder dizer que tenho uma vida Feliz :)

Maria disse...

Podia dizer que ser mulher é especial:
- porque, como disse a missy, podemos chorar sem que nos considerem demasiado sentimentais e ainda recebemos a seguir os miminhos de carinho;
- porque geramos vida e temos o poder de ter vida dentro de nós;
- porque podemos gastar o € e £ em futilidades;
- porque somos um misto de força e fragilidade que tantas vezes co-existem de forma absolutamente inexplicável;
- porque somos capazes de ver coisas onde os homens nem imaginam que possa existir algo para perceber;
- .....

Sim, tudo isso é verdade (salvo aquelas excepções que apenas confirmam a regras!!!)! E por tudo isto é especial ser mulher.

Mas na verdade, a ideia que tenho de que as mulheres são especiais vem dos exemplos que tenho à minha volta: a minha mãe, as minhas avós e as minhas amigas. Foi, e é nelas, que tenho testemunhado:
- lágrimas heroicamente escondidas com sorrisos e anuências que contrariam os seus desejos ou vontades;
- caminhos que percorrem espinhosamente só porque amam um marido, um namorado ou um filho;
- sorrisos lindos de pura felicidade que as tornam lindas;
- sucessos que obtêm num mundo onde os homens ainda têm a vida facilitada, (sucesso que pode ser o "simples" (?) educar de um filho;
- porque são capazes de mil e um actos de generosidade, criatividade, paciência e esperança.

A grande parte das mulheres que conheço são de facto especiais.
As excepções apenas confirmam esta regra.

(Perdoem-me o feminismo!!!!! :-))