sexta-feira, setembro 22, 2006

Ensaio sobre a Cegueira

A Loucura resolveu convidar os amigos para Tomar um café em sua casa.
Todos os convidados foram.

Após o café, a Loucura propôs:- Vamos brincar deesconde-esconde?
- Esconde-esconde? O que é isso? - perguntou a Curiosidade.
- Esconde-esconde é uma brincadeira. Eu conto Até cem e vocês se escondem.Ao terminar de contar, eu vou procurar, e oPrimeiro a ser encontrado será o próximo a contar.

Todos aceitaram, menos o Medo e a Preguiça. -1,2,3,... - A Loucura começou a contar.

A Pressa escondeu-se primeiro, num lugar qualquer.
A Timidez, tímida como sempre, escondeu-se na copa de uma árvore.
A Alegria correu para o meio do jardim.
Já a Tristeza começou a chorar, pois nãoencontrava um local apropriado para se esconder.
A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto deledebaixo de uma pedra.
A Loucura continuava a contar e os seus amigosiam se escondendo.
O Desespero ficou desesperado ao ver que a LoucuraJá estava no noventa e nove.
CEM! -gritou a Loucura. - Vou começar a procurar...
A primeira a aparecer foi a Curiosidade, já que não aguentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar.
Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima de uma cerca sem saber em qual dos lados ficar para melhores esconder.
E assim foram aparecendo aAlegria, a Tristeza, a Timidez...
Quando estavam todos reunidos, a Curiosidadeperguntou: - Onde está o Amor?

Ninguém o tinha visto.A Loucura começou a procurá-lo.Procurou em cima da
montanha, nos rios, debaixodas pedras e nada doAmor aparecer.
Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho e começou a procurar entre os galhos, quando de repente ouviu um grito.
Era o Amor, gritando por ter furado o olhocom um espinho.A Loucura não sabia o que fazer.Pediu desculpas, implorou pelo perdão do Amor eaté prometeu segui-lo para sempre.O Amor aceitou as desculpas.

Hoje, o Amor é cego e a Loucura o acompanha sempre.

Já que se falou neste blog em insanidades saudáveis, aqui vai a o estado de insanidade/loucura mais saudável e delicioso do Mundo: amar, amar, amar perdidamente e seguir confiante de mãos dadas ... Se isto é cegueira, estou irremediavelmente cega...:)

2 comentários:

Maria disse...

Só te digo uma coisa: amo as coisas boas da vida, aquelas que fazem parte da minha longa e sempre incabada lista!! Aquela lista que está neste blog e a qual actualizo sempre que me apetece!! A própria lista é uma coisa boa: faz-me sorrir quando a leio!!!

Poderia enumerar todas as coisas, pessoas, momentos, ... que amo... iria repetir-me!!!

Repito só algo que já sabes: AMO TE a ti e isso é bom!!

Beijos da Maria

Bilha disse...

Dizes tu meu amor que: "o Amor é cego e a Loucura o acompanha sempre"
Eu digo que sim, realmente os dois fazem todo o sentido juntos, pelo que iremos mantê-los sempre juntos.

Que o Amor e a Loucura nos guiem já que estamos ambos ceguinhos, e gostamos, aliás gostamos bem!!!

De mãos dadas to the stars !!!

ILY, Fofini!!