quinta-feira, outubro 09, 2008

Bardot ''morde'' e bem em Sarah Palin

A lendária actriz francesa Brigitte Bardot bate forte e feio em Sarah Palin, candidata republicana à presidência dos Estados Unidos, numa carta-aberta ontem divulgada pelo jornal britânico "The Daily Telegraph".
Bardot, de 74 anos, militante da defesa dos direitos dos animais, diz na sua missiva a Palin que espera vê-la derrotada nas próximas eleições, "porque isso significaria um triunfo para o mundo".
"Ao negar a responsabilidade do homem nas alterações climáticas, ao estar de acordo com o direito ao uso de arma e ao utilizar argumentos desconcertadamente estúpidos, você converte-se numa desgraça para as mulheres e representa uma ameaça terrível, uma verdadeira catástrofe meio-ambiental", escreve a mulher que fez furor no cinema dos anos 60.
Bardot critica também o apoio expresso por Palin aos projectos de exploração de petróleo no Ártico, o que, em seu entender, "afectará perigosamente o habitat natural de animais como os ursos polares".
Finalmente, a actriz lembra um episódio em que Palin se autodenominou um "pitbull com bâton" e faz-lhe o seguinte pedido: "Imploro-lhe que não se compare com os cães. Eu conheço-os bem e posso assegurar-lhe que não há nenhum pitbull, nem nenhuma outra espécie animal que seja tão perigosa como você é".

Aplausos para a Senhora Bardot.
Eu ainda tenho esperança que ponham a Palin na casota de onde não deveria ter saído.
A ver vamos...

1 comentário:

Maria disse...

Não há paciência para a Palin de facto!!
BB esteve bem!