quarta-feira, outubro 31, 2007

Manifesto


A caminho do trabalho, logo pela manhã, vi-me no meio de um motim de rebeldes folhas secas de Outono. Giravam em torno de mim como loucas, deixavam-me os cabelos em pé e, como se não bastasse, obrigaram-se a soltar uma gargalha gostosa em plena rua.

Bandido Outono este que me entra assim no peito e me rouba a seriedade…


2 comentários:

Carminho disse...

O Bailado de Outono :)

Outono disse...

Cara Ivana

O momento que hoje lhe proporcionei teve como objectivo comemorar a manhã fresca de sol, vesti-la de folhas e bailar, como a bela Carminho tão bem descreveu.

A sua gargalhada foi a melhor moeda de troca que me pode dar.

Vêmo-nos por aí, nos raios de sol que começam a escassear, nos ramos tímidos que se desnudam e no vento de norte. Estarei por cá até Dezembro, espero, altura em que migro.

Um abraço.

Outono